Boletim do Fim do Mundo - A Hiperinflação Ideológica

Na voz de Bolsonaro, durante a semana em que o golpe militar de 1964 completou 50 anos, o revisionismo tomou proporções colossais e patéticas. Aqui e em sua visita a Israel, da negação da tortura à falsificação do nazismo, fatos históricos foram rebaixados à condição de meras opiniões. Mas são mentiras de pernas e tentáculos longos.

Nessa transmissão, realizada no dia 3 de abril de 2019, discutimos como o falseamento da história é, na verdade, um processo hiperinflacionário político. Apenas o aumeto exponencial do custo de manutenção da identidade bolsonarista cada vez menos capaz de buscar lastro na realidade objetiva.

Consciente ou não, o fato é um só: a realidade paralela bolsonarista é um instrumento de reforço, coesão e manutenção de certitudes morais.


OU ESCUTA AQUI

Escute à íntegra em áudio da transmissão em streaming ou download em nosso Soundcloud e no Spotify.