Boletim do Fim do Mundo - #15M, as Ciências Desumanas e a Guerra ao Público

Dia 15 de maio, depois das manifestações contra os cortes na educação, uma transmissão ao vivo paras discutir os sucessos e os limites dos enormes protestos.

Porque a universidade pode ser a real oposição do governo. E como o bolsonarismo cria um pastiche de intelectualidade para validar a ignorância em sua guerra contra tudo o que é público.

OU ESCUTA AQUI

Escute à íntegra em áudio da transmissão em streaming ou download em nosso Soundcloud e no Spotify.


Boletim do Fim do Mundo - uma conversa com Luiz Eduardo Soares

Na semana de lançamento de seu mais novo livro, "Desmilitarizar", recebemos Luiz Eduardo Soares para uma entrevista ao vivo. O tema, a princípio, é segurança pública. Mas como amigo do Fluxo e uma das cabeças mais interessantes na praça, a conversa passeou por muitos outros assuntos. Seu livro, o espírito militarista que venceu a eleição, como compreendê-lo, como desarmá-lo.

Escritor, professor, dramaturgo, antropólogo e um dos maiores especialistas em segurança pública do país, Luiz remonta um pouca da linha que conecta sua vocação literária e libertária à dura missão de reformar as polícias brasileiras.

OU ESCUTA AQUI

Escute à íntegra em áudio da transmissão em streaming ou download em nosso Soundcloud e no Spotify.


Boletim do Fim do Mundo - Pornografia da Indignação e a Impotência Política

A estranha sensação de brochada pós Junho de 2013.

Como o protagonismo dos perfis está transformando a indignação em um espetáculo público e autocentrado. Pornográfico em essência. O caráter masturbatório do posicionamento compulsivo. E o que isso tem a ver com a impotência das ruas e das relações políticas. E como as universidade e a reação estudantil pode ser o antídoto perfeito para a recuperação das relações e da libido política.

OU ESCUTA AQUI

Escute à íntegra em áudio da transmissão em streaming ou download em nosso Soundcloud e no Spotify.


Boletim do Fim do Mundo - Reforma da Imprevidência. Ou a Irrelevância do Presente

Previdência não é aposentadoria. Na definição do termo, é a preparação prudente para o futuro. Uma ideia perdida em todo o debate - tanto pelo governo quanto pela oposição.
Nessa transmissão, uma conversa sobre como a importância da reforma da previdência para o presente explica sua irrelevância para um futuro próximo.
Os limites do trabalhismo e como tanto a direita quanto a esquerda foi forjada na ideia de emprego e das lutas em torno dele. Porque a maior reforma previdenciária, no fundo, passa pela centralidade da ecologia no planejamento econômico.

OU ESCUTA AQUI

Escute à íntegra em áudio da transmissão em streaming ou download em nosso Soundcloud e no Spotify.


Boletim do Fim do Mundo - A Ofensa dos Outros. Quem diz o que pode ser dito?

Durante a última semana algumas notícias abriram o debate sobre os limites da liberdade de expressão, da definição de injúria, da liberdade de imprensa e da relevação de segredos de Estado. Uma conversa sobre os riscos da criminalização da ofensa, da relativização da liberdade de expressão e sobre como a esquerda está entregando, sem perceber, a defesa da liberdade de expressão ao bolsonarismo.

OU ESCUTA AQUI

Escute à íntegra em áudio da transmissão em streaming ou download em nosso Soundcloud e no Spotify.


Boletim do Fim do Mundo - Capanguismo. O Autoritarismo da Submissão

Um presidente em busca de um patrão.

Porque Bolsonaro não cabe no cargo de presidente, nem de ditador. Como a figura do capanga ajuda a explicar o tipo de autoridade que ele representa. Uma conversa sobre a ideologia capanguista. A nostalgia da obediência. Polícia, exército. O status relativo, a estratificação econômica. O mercado e a cultura da segurança privada. E como tudo isso se conecta com nosso passado colonial e patrimonislista.

OU ESCUTA AQUI

Escute à íntegra em áudio da transmissão em streaming ou download em nosso Soundcloud e no Spotify.


Boletim do Fim do Mundo - A Hiperinflação Ideológica

Na voz de Bolsonaro, durante a semana em que o golpe militar de 1964 completou 50 anos, o revisionismo tomou proporções colossais e patéticas. Aqui e em sua visita a Israel, da negação da tortura à falsificação do nazismo, fatos históricos foram rebaixados à condição de meras opiniões. Mas são mentiras de pernas e tentáculos longos.

Nessa transmissão, realizada no dia 3 de abril de 2019, discutimos como o falseamento da história é, na verdade, um processo hiperinflacionário político. Apenas o aumeto exponencial do custo de manutenção da identidade bolsonarista cada vez menos capaz de buscar lastro na realidade objetiva.

Consciente ou não, o fato é um só: a realidade paralela bolsonarista é um instrumento de reforço, coesão e manutenção de certitudes morais.


OU ESCUTA AQUI

Escute à íntegra em áudio da transmissão em streaming ou download em nosso Soundcloud e no Spotify.


Boletim do Fim do Mundo - A Autoxenofobia. Bolsonaro, EUA e o Patriotismo Contra o País

Uma conversa ao vivo sobre como a visita do governo aos EUA escancara a supremacia branca de cada país. A natureza do patriotismo da inferioridade bolsonarista. O medo da emancipação. A vergonha do país. A desconstrução da independência, o nacionalismo da pátria alheia. E a xenofobia internalizada.


OU ESCUTA AQUI

Escute à íntegra em áudio da transmissão em streaming ou download em nosso Soundcloud.

Boletim do Fim do Mundo - Entre a Cruz e a Pistola. O Mito e a Religião das Armas

Uma conversa sobre como as armas se tornaram muito mais do que instrumentos de defesa ou violência, mas símbolos organizadores de identidades morais. E cumprem, perversamente, uma função espiritual no Brasil de Bolsonaro.


OU ESCUTA AQUI

Escute à íntegra em áudio da transmissão em streaming ou download em nosso Soundcloud.

Boletim do Fim do Mundo - Milícias, Marielle e a Essência do Bolsonarismo

No dia da prisão dos acusados pela execução de Marielle Franco, o silêncio da família Bolsonaro é mais eloquente do que as relações cada vez mais próximas entre a família e os acusados. Uma conversa sobre como as milícias se revelam, cada vez mais, um projeto político e ideológico, não apenas criminal. O que faz de Bolsonaro um autêntico representante das milícias no planalto.


OU ESCUTA AQUI

Escute à íntegra em áudio da transmissão em streaming ou download em nosso Soundcloud.

Boletim do Fim do Mundo - O Presidente Escatológico

Na última noite do carnaval em que foi alvo de chacota em todo o país, Bolsonaro compartilhou um vídeo explícito em seu twitter para denunciar blocos de rua. E, enfim, fundiu os dois sentidos da palavra "escatologia" em uma só pessoa: a dele. E deu mais lastro ao aspecto mais tangível do bolsonarismo: a racionalização da violência de estado como ferramenta de limpeza moral.

O que Bolsonaro está fazendo não é nos distraindo dos problemas políticos de seu governo. Está seguindo na separação moral entre os dois campos políticos. O que ele representa - o do bem - e o agora devidamente rotulado como "degenerado".

Por isso, a reação mais importante ao carnaval do bolsonarismo não foi o tuíte, mas o aumento enorme da repressão policial autônoma dos blocos, o aumento da violência de Estado. E a associação da liberdade carnavalesca ao caos que a esquerda representa.

Não é distração, é a essência do projeto.

OU ESCUTA AQUI

Escute à íntegra em áudio da transmissão em streaming ou download em nosso Soundcloud.

Boletim do Fim do Mundo - Michael Cohen e a Irrelevância dos Fatos

Após a longa sabatina de Michael Cohen, ex-advogado de Donald Trump, ao Congresso Americano, uma conversa sobre o depoimento bombástico. E uma ansiedade no fundo das notícias: a irrelevância dos fatos e a supremacia das narrativas frente ao jornalismo.

A inevitabilidade insuportável dos fatos, o sufocamento das possibilidades objetivas e o refúgio nas ficções.

Como o caso Ilona Szabó revela a essência do Bolsonarismo.

OU ESCUTE AQUI

A íntegra em áudio para streaming ou download em nosso Soundcloud

Boletim do Fim do Mundo - A Força do Amadorismo de Estado

No dia em que Gustavo Bebianno foi exonerado, e aúdios entre ele e Bolsonaro vazaram à imprensa, uma conversa sobre uma das mais fortes características do governo se revelou: o amadorismo. Enquanto muitos anunciavam o início do fim do governo, a sensação de que essa instabilidade pode, paradoxalmente, mantê-lo de pé.

Qual a força que existe no amadorismo expresso no bolsonarismo real. O pacote Moro, Araújo, Damares e o relativo esvaziamento das ruas.

E a participação especial da artista Eva Uviedo

OU ESCUTE AQUI

A íntegra em áudio para streaming ou download em nosso Soundcloud

Boletim do Fim do Mundo - Mudança Climática e o Século Superliminar

No dia seguinte da grande enchente que atingiu o Rio de Janeiro, uma conversa sobre esse tipo de evento é o prelúdio da nova normalidade climática. E mais importante: como os problemas grandes demais para serem vistos vão definir os desafios políticos, científicos e culturais da nossa geração.

O subliminar que definiu o século 20 em contraste com o superliminar que pode definir o 21.

Psicodélicos no mainstream, a desfragmentação das disciplinas e as ciências sistêmicas.

OU ESCUTE AQUI

A íntegra em áudio para streaming ou download em nosso Soundcloud

BOLETIM DO FIM DO MUNDO - Moro, Milícias e o Monopólio da Ilegalidade

A mentalidade que liga o anteprojeto de Sergio Moro à autorização social aos grupos milicianos. A estatização do crime e a lógica da facção que organiza a sociedade. Brumadinho e a teologia evangélica como contenção da indignação popular.

OU ESCUTA AQUI

Íntegra do áudio para download e streaming em nosso Soundcloud.

Boletim do Fim do Mundo - Brumadinho e o Cancelamento do Futuro

Uma live especialmente pesada. Sobre as pontes entre Brumadinho e essa depressão que espreita por trás de tanta notícia ruim e ansiedade coletiva. O cancelamento do futuro. Como a naturalização dos dogmas econômicos transformam a natureza em um estorvo.

Tem o relato pessoal da minha visita a Mariana, o papel supra estatal das empresas de mineração. Porque a tragédia de Brumadinho pode se tornar cortina de fumaça para os crimes intrínsecos à mineração. O fim do futuro como base das múltiplas formas de sofrimento cotidiano. A vocação extrativista do próprio nome "brasileiro".

OU ESCUTA AQUI

Íntegra do áudio para download e streaming em nosso Soundcloud.

Boletim do Fim do Mundo - Jean Wyllys e o Estado Facção

Transmissão não planejada do Boletim, mas a notícia da partida de Jean Wyllys se impôs.


Uma conversa sobre a decisão do deputado de deixar o cargo de deputado federal e o Brasil após meses de ameaça. O significado de seu mandato e de sua renúncia. E como Bolsonaro está institucionalizando o medo e a violência política através da mentalidade de facção.

A extarnalização do mal, o autoabandono, que tipo de segurança o bolsonarismo busca. E a fatura cada vez mais alta que impossibilita o bolsonarista arrependido.

OU ESCUTA AQUI

Íntegra do áudio para download e streaming em nosso Soundcloud.

Boletim do Fim do Mundo - A Posse da Alucinação

Transmissão extraordinária, realizada em Los Angeles. O plano nas férias era ficar o mais longe possível da posse de Bolsonaro. Mas foi mais forte do que eu.
Uma conversa ao vivo com o público enquanto a cerimônia de posse acontecia em Brasília.

A alucinação no poder. A imprensa acuada, a verdade dissolvida, a estética, a ética e a previsibilidade do Bolsonarismo empossado. A relação apocalíptica entre evangélicos e Israel. E a importância de não deixar Bolsonaro se tornar o presidente das nossas cabeças.

OU ESCUTA AQUI

Íntegra do áudio disponível para download e streaming em nosso Soundcloud.