BRUNO TORTURRA

Jornalista e fotógrafo
_____________________

Imprensa

Por 11 anos trabalhou na revista Trip como editor de música, repórter especial, correspondente internacional e, finalmente, diretor de redação.
Por anos desenvolveu uma pesquisa jornalística sobre estados alterados da consciência e drogas psicodélicas. Colaborou como freelancer em textos e fotos para inúmeras publicações no país.


Jornalismo de rede

Em 2011 fez a primeira transmissão ao vivo por streaming de uma manifestação de rua do Brasil. A partir dessa experiência, ajudou a criar a difundir a PósTV, rede nacional, descentralizada e experimental de streaming. Onde conduzia debates ao vivo e apresentava um programa semanal sobre drogas psicodélicas e movimentos políticos emergentes.


No final de 2012 começou a articular a criação da Mídia NINJA (Narrativas Independentes, Jornalismo e Ação), uma rede de jornalismo colaborativo. Lançada em março de 2013 no Fórum Social Mundial na Tunísia, a Mídia Ninja ganhou grande expressão nacional e internacional a partir de sua cobertura das manifestações a partir de junho de 2013. E provocou um forte debate sobre o ambiente da mídia no país. No final de 2013, afastou-se da Mídia NINJA para estabelecer um novo projeto. O Estúdio Fluxo.

Em público

Como palestrante e debatedor, costuma participar de fóruns e mesas sobre política de drogas, direitos humanos e jornalismo em rede. 

Em outrubro de 2014 foi um dos palestrantes como no TED Global, que aconteceu no Rio de Janeiro. Onde falou sobre jornalismo em rede, a criação da Mídia Ninja e o papel do livestream na transformação do debate político. 
 

Ativismo

Foi um dos criadores e articuladores do movimento Existe Amor em SP, grupo de coletivos, ativistas, artistas e cidadãos que promoviam ações políticas e culturais em espaços públicos. E buscavam estabelecer diálogos e incidência política na cidade. 

É membro da Rede Pense Livre, onde ajuda a promover mudanças na percepção e nas políticas sobre drogas no Brasil. Luta pela conscientização e pela difusão do uso responsável de enteógenos.

É vice-presidente do COMUDA, Conselho Municipal de Drogas e Álcool de São Paulo.



 

foto: Carol Quintanilha

Alguns links, entrevistas e matérias.

Participação no TED Global 2014. 

Entrevista de Bruno Torturra a Luiz Eduardo Soares

Participação no Roda Viva, ao lado de Pablo Capilé.

Bruno conduz um passeio sem cortes pelo prédio da MTV no último dia de transmissão da emissora. 

Entrevista a Heródoto Barbeiro sobre a Mídia Ninja

Entrevista à revista Brasileiros