Sujeito Oculto: Política e Meio Ambiente ( 1 )

Dia 9 de setembro o Estúdio Fluxo estreou "Sujeito Oculto", um programa transmitido ao vivo feito em parceria com o  Greenpeace Brasil. Toda terça-feira até o final das eleições, especialistas, ativistas, políticos e representantes de organizações virão ao estúdio para discutir em profundidade as questões ambientais que se escondem por trás das grandes plataformas eleitorais. E como o meio ambiente não pode ser visto como uma mera variável no jogo político e econômico. Mas deve ser a base e o objeto de qualquer política pública em um mundo em plena emergência ecológica.

No primeiro episódio primeiro programa, Sérgio Leitão e Bruno Torturra receberam o economista e professor da USP Ricardo Abramovay, o cientista político Ricardo Sennes e, por skype, a jornalista Adriana Ramos do Instituto Socioambiental. 

BLOCO 1 - PRÉ-SAL E A BOLHA DE PETRÓLEO

"Eu só consigo pensar no petróleo a partir de uma situação planetária".

No primeiro bloco, o economista Ricardo Abramovay fala sobre Pré-Sal e como sua promessa de lucro pode ser uma armadilha financeira e uma tragédia ambiental. 
Comenta sobre o abismo entre a produção de combustíveis fósseis e a capacidade da atmosfera de manter-se estável com os níveis de emissão de carbono.

BLOCO 2 - O BRASIL NO MUNDO

"O álcool como energia renovável, algo pelo que o Brasil era conhecido no mundo, foi totalmente abandonado em função de interesses petrolíferos"

No segundo bloco, o  cientista político Ricardo Sennes junta-se à conversa para comentar sobre o papel brasileiro na política ambiental internacional e, com Ricardo Abramovay, analisa a política energética do governo Dilma Rousseff.
 

BLOCO 3: AMAZÔNIA E DESENVOLVIMENTO

"Processos de formação de chuvas no continente sul-americano que não aconteceriam se a Amazônia não tivesse essa conformação..."

No terceiro bloco, Adriana Ramos entra na conversa por skype e discute os desafios políticos em torno da Amazônia, o retrocesso das políticas ambientais da era Lula em um governo Dilma, e o modelo de desenvolvimento que coloca o Brasil preso no século 20. 


Apresentação de Bruno Torturra e Sérgio Leitão

Câmera: Karina e Fernanda Ligabue
Som: Caíque Passos
Produção: Laura Escorel