Córtex - Zika e o ecossistema humano. Uma conversa com Paulo Saldiva

"Se você for transformar a cidade em um ser vivo, e cada bairro for um órgão, nós construímos em São Paulo uma pessoa obesa, que tem uma bronquite crônica, desidratada, mas quando chove faz edema. Tem diabetes porque não usa energia adequadamente. Tem insuficiência renal porque não filtra a água que usa. E inclusive tem Alzheimer, porque os neurônios dirigentes esquecem rapidamente o que prometeram poucas semanas antes"

 

O Estúdio Fluxo apresenta o primeiro episódio de Córtex, uma série de conversas e passeios sem cortes. A ideia, além de caminhar, é abrir outros percursos a partir das pautas do dia. Discutir os temas do noticiário sem pressa e sem perguntas prontas. E pela cabeça de pessoas interessantes tentar revelar processos e informações que passam abaixo do radar da cobertura diária. 

Para a estréia, convidamos o
professor Paulo Saldiva para uma caminhada pela Faculdade de Medicina da USP, pela avenida Dr. Arnaldo e Cemitério do Araçá. Paulo é um reconhecido pesquisador que defende uma nova mentalidade de saúde pública no país. 
Em nosso passeio, partindo da epidemia de zika vírus, ele desenvolve um pensamento sistêmico de saúde e sanidade pública. Entende a cidade como o ecossistema humano. Relaciona corpo e mente e transfere a compreensão de organismo à própria cidade. Radicalmente humanista, demole antigos paradigmas políticos e médicos. Apresenta as fronteiras da pesquisa que vem desenvolvendo na USP. E discute como uma nova mentalidade pode reorientar hospitais e gabinetes em direção a uma visão sistêmica de saúde e gestão pública.

Apresentação e edição: Bruno Torturra
Direção: Susana Jeha
Produção e pesquisa: Maria Shirts
Câmeras: Emiliano Capozoli e Fernanda Ligabue