Intervenção: tudo em RIBA na orla do Leblon

O Brasil dispensa metáforas. Assim como certas cenas dispensam maiores análises. Mas contexto sempre ajuda.

1 - O vídeo foi gravado no último sábado, dia 17 de fevereiro, enquanto Michel Temer discursava no Palácio da Guanabra anunciando a intervenção militar federal na segurança do Rio de Janeiro.

2 - Havia um grande efetivo na orla do Leblon e Ipanema. Vimos policiais do Grupo de Operações Especiais, de UPPs e da Guarda Metropolitana. O maior grupo se concentrava em torno do quiosque RIBA.

3 - A ação consistia em revistas de jovens e apreensões das mercadorias de vendedores de praia.

4 - Apesar do efetivo policial, o RIBA é cercado por grades e conta com uma numerosa equipe de segurança privada. A maior parte dela vestia uma camiseta amarela adornada com bandeiras do Brasil, do Estado do Rio de Janeiro, os dizeres "Security Staff" nas costas e "Deus no Comando" estampado em um dos ombros.

5 - Os empresários donos do Riba estão envolvidos em séries de escândalos de corrupção investigados na Operação Lava Jato. Entre eles desvio de recursos dos contratos que firmaram com o governo do RJ para o fornecimento de merenda escolar e refeições para presidiários. Eles ficaram conhecidos nacionalmente como integrantes da "Turma do Guardanapo".

6 - Marco Antônio de Luca, um dos sócios, chegou a ser preso em 2017. Em dezembro foi solto por uma liminar concedida pelos ministros do STF Gilmar Mendes e Dias Toffoli. 

7 - O RIBA segue o maior e mais cheio quiosque da orla da Zona Sul do Rio de Janeiro.

Saiba mais sobre o RIBA em www.ribabotecagem.com.br e em reportagens como as seguintes:

http://agenciasportlight.com.br/index.php/2017/01/31/em-plena-crise-integrante-da-turma-do-guardanapo-de-cabral-abriu-4-bares-em-5-meses-nos-pontos-mais-caros-do-rio/

http://agenciasportlight.com.br/index.php/2017/06/01/leblon/