ESTADO MÍNIMO - Uma caminhada pela Rocinha 72 horas depois da enchente

RIO DE JANEIRO - No último sábado, dia 9 de fevereiro, o Fluxo visitou a Rocinha para ver as condições do bairro após a forte tempestada que afetou a cidade no dia 6. Acompanhados do jornalista Edu Carvalho, pudemos registrar como, sem qualquer apoio, orientaçao ou assistência da prefeitura, os moradores da favela cuidam da limpeza, da desobstrução de casas e vias, da arrecadação de mantimentos e do abrigo dos mais atingidos.

Câmeras e edição: Bruno Torturra e Susana Jeha