ANDRÉ SINGER - A QUE PONTO CHEGAMOS?

ANDRÉ SINGER - A QUE PONTO CHEGAMOS?

"A esquerda recuou. E parte significativa da esquerda mundial acabou achando que o mais interessante do ponto de vista eleitoral era aderir à teses neoliberais" -
Em uma hora de entrevista ao Fluxo, o professor e principal intérprete do lulismo analisa a atual crise política brasileira e remonta o realinhamento de interesses econômicos e o colapso da conciliação de classes tentada pelo PT no poder.

Read More